Somo seres criativos por natureza, desde sempre nossa curiosidade nos levou a evoluir e criar coisas novas a cada dia, com isso, surgiu vários inventores ao longo do tempo. Porem, nem sempre essas invenções custam somente o tempo de quem as criou, em alguns casos as invenções podem custar a vida de seus criadores, e é sobre isso que veremos neste artigo, abaixo nós iremos mostrar para vocês  25 inventores que tiveram um trágico fim e morreram usando suas próprias invenções. Apesar de triste é bem curioso, então confira abaixo:


1 – Michael Dacre – Invenção: Táxi Voador

invenção-taxi-voador

Michael foi um piloto britânico de testes e um pioneiro pela sua invenção, o “Táxi Voador”, desenhado para proporcionar um método rápido e barato de transporte entre metrópoles. Ele morreu em sua própria aeronave enquanto fazia testes de voo. O avião despencou do céu e a queda e a explosão acabou por tirar a vida do inventor. Isso me lembra que nunca devo tomar um “Táxi Voador”.


2 – Haroutune Krikor Daghlian Jr. – Invenção: Bomba atômica

Haroutune-Krikor-Daghlian-Jr-Invenção-Bomba-atômica

Nascido em 1921 nos Estados Unidos, Haroutune foi um descendente armênio que trabalhou no Projeto Manhattan (equipe que pesquisou e fabricou as primeiras bombas atômicas). Ele se irradiou acidentalmente em agosto de 1945 com uma esfera de plutônio, e morreu apenas 25 dias depois do acidente. Tsc tsc…


3 – Wan Hu – Invenção: Uma cadeira que o levaria para a Lua

Wan-Hu-Invenção-cadeira-que-o-levaria-para-a-Lua

Wan Hu foi um funcionário do governo chinês do século XVI que trabalhou durante a Dinastia Ming. Tinha ambições de viajar para a Lua por meio de uma cadeira especial que ele mesmo projetou. Sua intenção era acender 47 foguetes presos em sua cadeira, Porem, ao acender sua cadeira, em vez da cadeira impulsionar o ambicioso inventor para o ar, os foguetes explodiram, matando o oficial. BOOM!


4 -Abu Nasr Isma’il ibn Hammad al-Jawhari – Invenção: Asas de madeira

Abu-Nasr-Isma’il-ibn-Hammad-al-Jawhari-Invenção-Asas-de-madeira

Nascido no atual Cazaquistão, Jawhari foi um autor de um dicionário árabe contendo cerca de 40.000 palavras. Além do dicionário, ele ficou também conhecido na história árabe por tentar voar com um par de asas de madeira que ele inventou. Ele saltou do telhado de uma mesquita na cidade velha de Nishapur para testar sua invenção, mas ao invés de voar ele acabou se esborrachando no chão.


5 -Li Si – Invenção: Instrumento de tortura “Cinco Dores”

Li-Si-Invenção-Instrumento-de-tortura-Cinco-Dores

Li Si foi um famoso legista, calígrafo e influente chanceler da dinastia de Qin na China, que viveu entre 246 AC e 208 AC. Li Si também é o inventor de um método de tortura terrível chamado “Cinco Dores” (ou “Cinco Punições”). De acordo com a história chinesa, neste método brutal a testa da vítima é marcada primeiro, em seguida o nariz é cortado, depois os pés, após disso a vítima é castrada para finalmente ser executada. O problema é que, depois a morte do imperador, Li Si foi executado com sua própria invenção.


6 – Cowper Phipps Coles – Invenção: Convés especial para navios de guerra

Cowper-Phipps-Coles-Invenção-Convés-especial-para-navios-de-guerra

Nascido em 1819, Coles era um inventor Inglês e distinto capitão da Marinha Real que inventou uma torre giratória para os navios durante a Guerra da Crimeia. Após a guerra, seu navio, o HMS Captain – que era um navio de guerra experimental especialmente construído para testar seus projetos – exigiu várias modificações perigosas, incluindo um chamado “convés superior”, que acabou interferindo no centro de gravidade do navio, fazendo com que o navio naufragasse em setembro de 1870. Coles, juntamente com mais de 500 pessoas da tripulação, acabaram se afogando. Glub glub!


7 – Franz Reichelt – Invenção: Um “terno pára-quedas”

Franz-Reichelt-Invenção-Um-terno-pára-quedas

Apelidado de “Alfaiate Voador”, Franz Reichelt era um alfaiate francês, inventor e pára-quedista pioneiro, nascido na Áustria. Reichelt estava trabalhando em uma roupa especial para aviadores que se convertia em um pára-quedas e lhes permitia sobreviver a uma queda de um avião. Os experimentos iniciais, realizados com manequins que caiam do quinto andar de seu prédio, tinha sido aprovados, então ele decidiu fazer o teste final por si mesmo. Ele equipou sua invenção e pulou da Torre Eiffel, mas o pára-quedas não funcionou e… ploft!


8 -Thomas Andrews Jr – Invenção: Titanic

Thomas-Andrews-Jr-Invenção-Titanic

Nascido em Comber, County Down na Irlanda em 1873, Thomas Andrews foi um empresário irlandês, construtor de navios, diretor-gerente e chefe do departamento de elaboração e construção naval Harland and Wolff em Belfast, na Irlanda. Ele também foi o arquiteto-chefe naval do Titanic e foi a bordo durante a sua viagem inaugural em abril de 1912. Seu conhecimento acabou sendo seu maior inimigo, visto que estava entre as mais de 1.500 pessoas que perderam suas vidas nesta famosa tragédia, que mais tarde acabou virando filme.


9 – William Nelson – Invenção: Bicicleta motorizada

William-Nelson-Invenção-Bicicleta-motorizada

Nascido em 1879, William Nelson era um engenheiro e inventor americano que trabalhou para a General Electric. Especializado em motorizar bicicletas, Nelson inventou um motor em 1903, mas acabou sofrendo uma lesão fatal enquanto testava um protótipo de uma bicicleta motorizada que ele testava com este motor.


10 – Otto Lilienthal – Invenção: Planador

Otto-Lilienthal-Invenção-Planador

Conhecido como o “Rei Planador”, Lilienthal foi um pioneiro da aviação alemã. Foi o primeiro inventor a ter seu invento documentado após conseguir planar com sucesso. Ele fez vários vôos bem sucedidos, alcançando uma distância de até 250 metros. No entanto, durante um dos vôos seu planador se partiu e ele caiu de uma altura de cerca de 15 metros. Ele acabou fraturando o pescoço e morreu cerca de 36 horas após o acidente. Ugh!


11 – Henry Winstanley – Invenção: Farol

Henry-Winstanley-Invenção-Farol

Winstanley foi um pintor Inglês e engenheiro, sendo mais lembrado pela construção do primeiro farol de Eddystone. Ele estava tão confiante com a construção que manifestou o desejo de estar no interior do farol durante uma tempestade. Ele conseguiu o que queria, mas o farol não resistiu a uma enorme tempestade que aconteceu em novembro de 1703, e acabou desabando com Henry e outras cinco pessoas dentro.


12 – Valerian Abakovsky – Invenção: “Aerovagão”

Valerian-Abakovsky-Invenção-Aerovagão

Nascido em 1895, Abakovsky foi um engenheiro russo famoso por inventar o “Aerovagão” – um vagão de alta velocidade experimental equipado com um motor de avião e tração por hélice (uau!). A invenção foi bem-sucedida em sua viagem de Moscou a Tula, mas no caminho de volta para Moscou, o Aerovagão descarrilou em alta velocidade, matando todos a bordo, incluindo o próprio inventor.


13 – Henry Smolinski – Invenção: Carro voador

Henry-Smolinski-Invenção-Carro-voador

Henry Smolinski nasceu em 1933 e foi um engenheiro da fábrica de armamentos Northrop, que mais tarde se uniu a uma empresa focada no desenvolvimento de um carro voador. Em setembro de 1973, Henry foi escalado para participar da construção e testar um protótipo que era fruto da fusão da extremidade traseira de um avião Cessna com um carro da Ford. Infelizmente o tal carro voador caiu e o acidente matou ele juntamente com o piloto.


14 – Aurel Vlaicu – Invenção: Avião de metal

Aurel-Vlaicu-Invenção-Avião-de-metal

Conhecido pela construção do primeiro avião de metal, Aurel Vlaicu morreu em 1913 ao bater nas montanhas dos Cárpatos em seu próprio avião de metal, o “Vlaicu II”.


15 – Sieur Freminet – Invenção: Dispositivo de re-inalação para mergulho

Sieur-Freminet-Invenção-Dispositivo-de-re-inalação-para-mergulho

Em 1772, o inventor francês Sieur Freminet tentou criar um dispositivo de re-inalação para mergulho que reciclaria o ar exalado pelo mergulhador dentro de um circuito fechado de respiração. Infelizmente o tal dispositivo não era bom o suficiente. Freminet morreu por falta de oxigênio em apenas vinte minutos de teste com o dispositivo.


16 – Max Valier – Invenção: Carro-foguete

Max-Valier-Invenção-Carro-foguete

Nascido em Bozen na Áustria, em 1895, Max Valier foi um dos pioneiros por seus experimentos com carros equipados com foguetes. Em abril de 1930, ele fez um test drive de um carro-foguete, que foi bem-sucedido, mas um mês depois ele foi morto quando um foguete explodiu em seu banco de ensaio, em Berlim.


17 – Alexander Bogdanov – Invenção: A “fórmula sanguínea da juventude”

Alexander-Bogdanov-Invenção-A-fórmula-sanguínea-da-juventude

Este médico, filósofo e escritor de ficção científica russa era famoso por tentar alcançar a juventude eterna através da experimentação com transfusões de sangue. Durante sua vida, ele foi submetido a muitos testes. Em sua última análise, ironicamente, foi uma destas transfusões que acabaram lhe tirando a vida. Em 1928, tomou o sangue de um estudante que sofria de malária e tuberculose. Bogdanov morreu, mas o estudante injetado com seu sangue sobreviveu.


18 – Horace Lawson Hunley – Invenção: Um submarino

Horace-Lawson-Hunley-Invenção-Um-submarino

Horace Lawson Hunley era um engenheiro naval e foi inventor do primeiro submarino de combate, o CSS Hunley, durante a Guerra Civil Americana. Depois de dois testes de rotina anteriores que não deram certo, Hunley assumiu o comando do submarino, mas depois de não conseguir ressurgir à superfície, ele e os outros sete membros da tripulação se afogaram. Hunley foi enterrado com honras militares no Cemitério Magnolia em Charleston, Carolina do Sul.


19 – Jean-François Pilâtre de Rozier – Invenção: Balão Rozier

Jean-François-Pilâtre-de-Rozier-Invenção-Balão-Rozier

Nascido em 1754, Rozier foi um químico francês e professor de física, e um dos pioneiros da aviação. Ele inventou o assim chamado Balão Rozier, um modelo de balão híbrido que tem câmaras separadas para dois gases diferentes, um gás não-aquecido e outro aquecido para elevação. No entanto, enquanto tentava atravessar um canal inglês em 1785, seu balão pegou fogo e ele caiu de uma altura estimada de 457 metros. Rozier e seu companheiro morreram na queda.


20 -William Bullock – Invenção: Adaptações em máquinas de impressão rotativa

William-Bullock-Invenção-Adaptações-em-máquinas-de-impressão-rotativa

William Bullock foi um inventor americano que desenvolveu melhorias para máquinas de impressão rotativa. Com seus inventos ele ajudou a revolucionar a indústria de impressão, devido à grande velocidade e eficiência de suas invenções. Infelizmente, poucos anos após sua invenção, Bullock foi morto acidentalmente por sua própria prensa rotativa. Ao ajustar a prensa, ele chutou um cinto de condução em uma roldana, que acabou engolindo o cinto e puxando sua perna junto, esmagando sua perna. Sua perna gangrenou e ele morreu em um hospital durante uma operação de amputação dela.


21 – Karel Soucek – Invenção: Barril de absorção de impacto

Karel Soucek-Invenção-Barril-de-absorção-de-impacto

Nascido em 1947 na antiga Checoslováquia, este dublê profissional canadense era famoso por descer pelas Cataratas do Niágara em um barril especial de absorção de choque que ele inventou. Um ano mais tarde, em 1985, Soucek realizava mais um truque com o tal barril. Fechado em seu barril, ele foi atirado a uma altura de 180 metros em cima de um tanque de água. Mas em vez de cair no centro, o barril atingiu a borda do tanque, e Karel acabou ficando gravemente ferido, morrendo poucas horas depois da proeza.


22 – Thomas Midgley, Jr – Invenção: Sistema de apoio para acamados

Thomas-Midgley-Jr-Invenção-Sistema-de-apoio-para-acamados

Este engenheiro mecânico e químico americano tinha feito experiências com coisas perigosas durante toda a sua vida. Um de seus ensaios mais famosos foi o seu esforço para provar que combustível era seguro, derramando gasolina aditivada sobre suas mãos durante uma conferência de imprensa. No entanto, foi outra de suas invenções que acabou lhe custando a vida. Depois de ficar acamado com poliomielite aos 51 anos de idade, ele criou um elaborado sistema de cordas e roldanas para ajudar os outros a levantá-lo da cama. Em 2 de novembro de 1944, ele ficou preso nas cordas e acabou morrendo sufocado sozinho em seu quarto.


23 – Sylvester H. Roper – Invenção: Motocicletas e carros de corrida

Sylvester-H-Roper-Invenção-Motocicletas-e-carros-de-corrida

Nascido em 1823 em Boston, Massachusetts, EUA, S.H. Roper foi um inventor e um construtor pioneiro de um dos primeiros automóveis e motocicletas que existiram. Ele morreu de ataque cardíaco após um acidente com uma de suas invenções durante uma apresentação de velocidade ao público em 1896.


24 – Perillos of Athens – Invenção: Dispositivo de tortura “Touro na Brasa”

Perillos-of-Athens-Invenção-Dispositivo-de-tortura-Touro-na-Brasa

Perillos de Atenas era como um trabalhador da Grécia Antiga que inventou um dispositivo de tortura conhecido como o “Touro na Braza”, para a execução de criminosos em uma morte lenta e agonizante. Perillos propôs sua invenção a Phalaris, o tirano de Akragas, Sicília, que ordenou que o touro fosse testado no próprio Perillos. Enquanto algumas histórias dizem que Perillos foi retirado do dispositivo antes que ele pudesse morrer, outros afirmam que ele morreu assado no aparelho mesmo.


25 – Marie Curie – Invenção: Descobertas relacionadas à radiação

Marie-Curie-Invenção-Descobertas-relacionadas-à-radiação

Esta química polonesa, naturalizada francesa, era famosa por suas pesquisas sobre radioatividade e por ser a primeira mulher, não só a ganhar um premio nobel, mas por ganhar dois deles. Foi o seu objeto de pesquisa, porém, que causou a morte dela – ela morreu em 4 de julho de 1934, de anemia aplástica causada por exposição extrema à radiação.


 Conclusão do Ser Curioso

Como podemos notar, nem sempre as invenções dão certo, porem mesmo com esses vários incidentes, muitas delas foram essenciais para descobertas posteriores e muitas dessas pessoas tiveram grande importância na história da evolução humana. Infelizmente alguns erros podem ser fatais, o que foi o caso das invenções citadas a cima, uma lista curiosa, que nos mostrar que muitas pessoas estão dispostas a colocar suas vidas em risco para fazer com que seus inventos possam se tornar realidade e quem sabe assim, um dia, mudar toda a história da humanidade.

 


 

 

Referências:

http://list25.com/25-tragic-stories-of-brilliant-inventors-killed-by-their-own-creations/

http://rockntech.com.br/